Diploma não é garantia de sucesso

Muitas pessoas me perguntam como consegui ganhar meu primeiro milhão aos 23 anos sem ter ao menos um curso superior completo. Culturalmente estamos acostumados com o paradigma que para nos darmos bem na vida temos que ter um QI alto ou sermos muito estudiosos. Por um tempo eu acreditei nesse padrão e, como todo mundo, lá fui eu estudar para o vestibular e entrar em uma faculdade de ciências da computação.

Nos primeiros anos da graduação fiz estágios na área de webdesign – que era novidade no fim dos anos 90, quando então resolvi abrir junto com meu irmão gêmeo nossa própria empresa. Porém, logo depois tranquei a faculdade pois sentia que estava perdendo tempo na sala de aula. Eu queria mesmo é me dedicar aos negócios e trilhar meu caminho de sucesso.

Minha expertise é analisar o projeto de uma empresa e ver se ela vai dar certo ou não. Foi o que eu sempre fiz nas minhas empresas. Eu mesmo analisava e caia de cabeça! Os conhecimentos necessários para cada tomada de decisão na empresa, eu procurava por conta própria, lia, estudava, consultava outros profissionais e assim por diante.

Na minha opinião, as faculdades tornam os alunos muito burocráticos pois geralmente se baseiam em conceitos antigos e, dessa forma, não formam profissionais de sucesso e sim “profissionais com um diploma na mão”. Não ensinam nenhum ponto chave para conquistar o sucesso, ficam na teoria e não conectam os alunos com a realidade corporativa.

Quando eu contrato alguém para trabalhar nas minhas empresas sinceramente eu nem olho se a pessoa é formada, tem curso superior, MBA e afins … isso não importa para mim! O que importa é a trajetória de vida da pessoa, se ela conhece sua missão de vida e o que lhe motiva, se ela tem foco para realizar suas atividades em conjunto com a equipe, se tem brilho no olho, e por fim se ela é realmente boa naquela atividade específica que vai ser contratada.

Ter sucesso exige disciplina, foco e determinação. Todos nós temos disciplina, porém a grande maioria das pessoas vivem no automático e acredita estar fazendo o certo, pois todos ao seu redor estão fazendo esse “certo”. E como é que se busca o sucesso pleno? Descubra seus dons e talentos, trabalhe focado na sua missão de vida, cuide de sua saúde, fortaleça sua capacidade de relacionamento e lide com seus medos. Outro ponto importante é saber identificar quais são as suas deficiências e aumentar diariamente as suas habilidades, aceitando as críticas das pessoas e usá-las como termômetro para ver o que precisa ser corrigido.

Por fim, busque ter uma rotina de sucesso. Se tiver uma rotina de fracasso, será um fracasso. Para isso, é imprescindível desenvolver uma mentalidade positiva e, o mais importante, trace metas com qualidade e sonhe com elas. Só assim cada dia você conseguirá identificar uma nova oportunidade e, assim, dar mais novos passos rumo ao sucesso. Boa sorte!